Páginas

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Aqui só entra deste tipo de "publicidade"

Uma história de vida real contada da maneira mais bonita que existe: com emoção, dignidade, amor pelo outro. Aqui
Como qualquer história de vida real contada de forma bonita, emociona seres humanos que ainda não se esqueceram de o ser. E a autora da mensagem continua a mostrar emoção, dignidade e amor pelo próximo não deixa escapar essa emoção. Mobiliza-se e acrescenta isto.
Nós todos podemos fazer o resto.
Pela Bia, principalmente. Mas também pelos pais da Bia, pelo Guilherme, pela autora da história, pela humanidade.

Não acrescento nada às palavras que reenviam para os links, porque lá está tudo. Porque lá está o AMOR que é aquilo que verdadeiramente nos move.
Por relembrar-nos disso, só posso dar um grande bem-haja à Pólo Norte do Quadripolaridades. E ficar feliz pela ursinha que aí vem, com uns pais assim, cheios de amor por ela, mas que não esquecem o amor pelas Bias do mundo.

2 comentários:

  1. Também li o post e comoveu-me, espero que a Bia vença esta fase menos boa.

    ResponderEliminar